quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Oitava Feira do Livro de São Luís: convidados nacionais




O criador da Turma da Mônica, o cartunista brasileiro Maurício de Sousa, será uma das atrações da 8ª Feira do Livro de São Luís (FeliS), que este ano ocorre no período de 31 de outubro a 09 de novembro e ocupará os espaços culturais do bairro do Desterro. Além dele, também está confirmada a participação da escritora Marina Colasanti.


Este ano, a FeliS terá como tema a Literatura infantil e muitos espaços serão dedicados às crianças no evento organizado pela Fundação Municipal da Cultura, com apoio do Sesc e do Governo do Estado. A FeliS terá como patrono o jornalista e escritor de literatura infantojuvenil, Wilson Marques. Serão homenageados também os escritores Ubiratan Teixeira (em memória), jornalista, escritor, poeta e teatrólogo; Mundinha Araújo (Raimunda Araújo), jornalista, professora, ativista, historiadora, pesquisadora e uma das fundadoras do Centro de Cultura Negra (CCN); e o poeta Odylo Costa, Filho (em memória), pelo centenário de seu nascimento.


Um dos espaços de atividades da feira será o Convento das Mercês, sede da Fundação da Memória Republicana Brasileira. Lá estão previstas a realização das palestras de Maurício de Sousa, no dia 1º de novembro, e Marina Colasanti, que deverão também fazer sessão de autógrafos.


Maurício de Sousa começou a trabalhar como repórter policial no jornal Folha da Manhã onde permaneceu por quase cinco anos, mas entre uma matéria e outra continuava a dedicar-se ao desenho e mostrá-las aos amigos que trabalhavam com ele no jornal, o que lhe proporcionou a abertura de uma oportunidade para editar algumas tiras para o jornal. Bidu e Franjinha foram as suas primeiras tiras a começar a circular através do jornal em 1959.

Com o decorrer do tempo, Maurício foi criando outros personagens como o Cebolinha, Chico Bento e outros e também iniciou a publicação do tablóide semanal do personagem Horácio, Raposão e não parou mais. Em 1963, Mauricio criou juntamente com a jornalista Lenita Miranda de Figueiredo, outra personagem denominada Tia Lenita, que passou a ser apresentada dentro de um encarte do jornal chamado “Folhinha de São Paulo” e neste mesmo ano também era criado o seu personagem mais famoso: a Mônica, inspirada em sua filha.


Marina Colasanti  atuou como colaboradora de periódicos, apresentadora de televisão e roteirista. Foi também editora do Caderno Infantil do Jornal do Brasil. Em 1968, foi lançado seu primeiro livro, Eu Sozinha; desde então, publicou mais de 30 obras, entre literatura infantil e adulta. Seu primeiro livro de poesia, Cada Bicho seu Capricho, saiu em 1992. Em 1994 ganhou o Prêmio Jabuti de Poesia, por Rota de Colisão (1993), e o Prêmio Jabuti Infantil ou Juvenil, por Ana Z Aonde Vai Você?.


8ª Feira do Livro de São Luís: programação



Confira a programação completa do Oitava Feira do Livro de São Luís,  AQUI



terça-feira, 14 de outubro de 2014

Oitava Feira do Livro de São Luís: lançamento




A oitava edição da Feira do Livro de São Luís (FeliS), que acontece de 31 de outubro ao dia 9 de novembro, vai anunciar na próxima quarta-feira (15), a programação oficial do evento. A solenidade que vai acontecer a partir das 10h, no Reis Perdigão, no Palácio de La Ravardière, sede da prefeitura da capital maranhense, vai contar com a participação do presidente da Fundação Municipal de Cultura (Func), Francisco Gonçalves.


Neste ano, a FeliS será realizada no bairro do Desterro, e vai ter como tema central “Literatura Infantil: aqui começa a magia da leitura”. Para esta nova edição, são esperadas, aproximadamente, 200 mil pessoas, durante os dez dias de programação da feira cultural, que se dividirão nos seis espaços que compõem a FeliS.


Dentre os convidados que estarão presentes, destaque para o escritor Wilson Marques, patrono da Feira, e da pesquisadora Mundinha Araújo, a homenageada deste ano. Além deles, quem também estará no local são os autores Maurício de Sousa, Marina Colasanti, Pedro Bandeira, Sidney Gusman, Ninfa Parreiras, Luciano Pontes e Alexandre Azevedo.

Para garantir a segurança dos espectadores, a organização da FeliS vai contar com a parceria de equipes da Polícia Militar, da Guarda Municipal, além do efetivo de segurança privada montado, especialmente, para quem for visitar o local.


Segundo a coordenadora da 8ª FeliS, Rita Oliveira, além do efetivo policial, a edição deste ano, também, vai priorizar ações sociais, que vão contar com a parceria de setores como da saúde e assistência social. “Estamos articulando junto com as principais entidades de segurança, saúde e assistência social um trabalho de conscientização cidadã, segurança preventiva e reabilitação social entre vítimas do consumo de drogas na Praia Grande. Será uma ação que não ficará restrita ao calendário da Feira e que será ampliada em longo prazo com o objetivo de promover a melhoria da segurança na comunidade”.


Além da comercialização e exposição de diversos títulos literários, a FeliS também vai apresentar rodas de conversa, palestras, lançamentos e relançamentos de livros, recitais, peças teatrais, shows musicais e atividades voltadas para o público infantil.

Fonte: site do imirante